Buscar
  • Ramon Alecrim

A ARTE DE VENDER FELICIDADE

Atualizado: 8 de Jun de 2019

Inicio este texto comentando sobre o título que encabeça este artigo. Visto o conteúdo existente, poderíamos colocar muitos adjetivos, incluindo sucesso, prosperidade, gerenciamento, técnica e tantos outros, porém chamamos de arte.


É chamado assim, pois pressupõe algo que acima de tudo é próprio da arte, a sensibilidade, ultrapassando o óbvio para ir além daquilo que parece evidente e refletir aquilo que parece fácil e óbvio demais. A arte é distinta do óbvio, aquilo que não fica recluso, fechado, parado onde está.

Romário, ex-jogador de futebol e atual político, Anderson Silva, Lutador, Oswald de Andrade, Escritor Modernista, Oscar Niemeyer, Arquiteto, são alguns exemplos de sucesso porque saíram do óbvio e utilizaram a arte dentro de suas profissões. A saída do óbvio vinha da prática, do exercício, da reflexão do que eles faziam e como poderiam fazer melhor. Isto tudo significa que persistir o levará ao sucesso que você tanto busca.


Os profissionais atualmente estão a cada dia trabalhando mais e consequentemente ficando mais cansados e no nosso ramo de vendas o que precisamos é manter ou aumentar nossa produtividade buscando desenvolver melhores métodos que os atuais; se relacionando melhor, mantendo-se mais presente seja por meio físico ou eletrônico e trabalhar com mais inteligência, em parceria real com a empresa e não buscando isolar-se, trabalhando na solidão.


O que a crise busca é alguém sozinho, sem amparo e que acha que pode resolver tudo por si mesmo. Quando há problemas como este que está acontecendo no País, o que uma empresa e sua equipe devem fazer é se juntarem para reagir. Reagir com união e inspiração, buscando sair da zona de conforto para que todos sejam beneficiados.


Primeiro, para progredirmos precisamos fazer com que nossa empresa progrida, pois se ela não se mantiver estável não teremos de onde tirar nossos recursos. Precisamos alcançar os objetivos da empresa e concomitante buscar os nossos. Uma equipe é um conjunto de pessoas que trabalham com um objetivo em comum e para que este objetivo seja alcançado os personagens desta equipe devem se ajudar, amparar, proteger, para que todos consigam chegar ao ponto em comum, isto significa que sempre que possível, devemos auxiliar colegas de equipe. Isto criará mais empatia e comunhão entre vocês a tal ponto que haverá satisfação plena ao acudir o colega.

Outro ponto importante que muitos de nós fazemos, às vezes até mesmo sem perceber, é reclamar que está sendo injustiçado ou reclamar das dificuldades presentes da vida pessoal e profissional. Vamos enfrentar as situações e reclamar menos, encarar o problema é o único modo para ultrapassar a barreira imposta.


Quem quer encontra um jeito,

quem não quer encontra uma desculpa.


Precisamos analisar a maneira como oferecemos nossos serviços e melhorá-los na medida do possível. Como é seu relacionamento com o comprador? Você se mantém presente o quanto precisa? Seja no virtual ou físico.

A pior atitude que podemos tomar é deixar a crise entrar em sua mente. Quando estamos com o comprador precisamos vender alegria, sucesso, melhoria. Isto significa, sorria mais, mostre que o consumidor tem cartão de crédito, tem décimo terceiro, mostre que ele quer consumir, diga que ao oferecer o produto o freguês vai querer, basta indicar e o consumidor vai levar o dinheiro para o caixa da farmácia.


Manter-se negativo e solitário o levará ao fracasso. Quando temos infiltrado na mente que os problemas são maiores que nós, passamos esta impressão pela linguagem corporal, pelo olhar, pela maneira de falar e apresentar seus produtos e ofertas.

Pessoas com pensamentos negativos não enxergam soluções e só aumentam os problemas. Preferem a lamentação a murmuração e o pessimismo. Somos o que pensamos e o que queremos ser, o que a motivação nos leva a ser. A motivação é força da sua mente.

Ninguém compra derrota. As pessoas querem comprar sucesso. Mantenha-se inspirado, animado, firme e esta motivação de superação vai facilitar em suas negociações. Passar alegria leva ao outro uma reciprocidade pelo psicológico.


Visto o momento delicado no qual se encontra o País, como já dito anteriormente precisamos fazer aquilo que ainda não foi feito para gerar resultados diferentes e melhores. Assim indicamos três pontos que podem auxiliar no seu progresso.


Precisamos ter entusiasmo de oferecer mais, aparecer mais, vender mais.

Precisamos vender de um jeito diferente, estar presente o quanto mais possível, por meio físico ou por meio eletrônico. (whatsapp / mail marketing / mail / facebook / linkdin / telefone / correio)

Vamos sorrir mais. Apresentar positividade ameniza a negação do comprador. Olha triste atrai derrota, ninguém compra derrota – sucesso atrai sucesso.


Portanto, não devemos ter medo. O medo nos paralisa e sufoca, reprimido estamos limitados. Já estivemos em outras crises financeiras no país e também crises pessoais no qual conseguimos alcançar a vitória e ir em frente, porque desta vez será diferente?

Precisamos sair desta crise mais rápido do que as outras pessoas. Temos agora mais capacidade e experiência do que nas adversidades anteriores, agora será mais fácil.

Em conjunto com o nosso esforço, vem o da empresa que também passa por diversos momentos de dificuldades seja advindo de problemas exteriores ou não. Empresas de sucesso buscam renovar o fôlego da sua equipe com motivação, festas, palestras e elogios pelo o esforço que os mesmos fazem para conquistar as metas e objetivos que eles e a empresa almejam. Isto mostra o orgulho que a empresa tem em ter aqueles funcionários trabalhando em conjunto.

Este orgulho e amor quando é incorporado pela equipe de vendas faz com que ela inspire e faça com mais animo suas tarefas.


A virtude da auto-motivação

O animal satisfeito, dorme.

Como bem dizia Guimarães Rosa em seus textos e Mário Cortella em suas entrevistas, esta é uma expressão altamente relevante para nós que trabalhamos com venda de conceito, produto e serviço. O ser humano satisfeito mantém-se acomodado à situação que lhe é agradável ou que não lhe traz prejuízo.


A satisfação paralisa, adormece e entorpece o ser. Devemos sempre analisar se em nossa conduta diária estão tomando atitudes que nos levam a este estado mental. O profissional satisfeito ele fica sossegado, distraído, cochila e perde oportunidades de negócios, não procura novos desafios, culpando posteriormente os outros sendo que na verdade a culpa vem de si mesmo. Esta satisfação é perigosa e como o medo que falamos antes, também é um caminho que leva o homem ao fracasso, à ruína mental e pessoal.


Devemos nos manter em um exercício diário de motivação para não chegarmos a tal ponto. Um filme bom é um filme insatisfatório, quando ele acaba você continua olhando para a tela querendo que ele continuasse. Um livro bom é um livro insatisfatório pois, quando acaba você fica com ele na mão esperando que ele não acabasse.


Ao contrário do que pensam a insatisfação te move. Te leva a querer mais. Chamamos isto de insatisfação positiva que leva sua vida adiante, a história do mundo e o processo de evolução do nosso ser. A empresa é inteligente por trabalhar em vocês esta insatisfação positiva fazendo com que vocês sempre queiram mais e melhor.

Dando maior clareza a este fato, explico que a insatisfação negativa é a da reclamação, do resmungo e da chateação seja sobre determinado fato ou pessoa.

Com estas informações chegamos então ao fato de que para nos motivar precisamos usar a insatisfação positiva que significa querer mais e melhor. Buscar o melhor para mim é uma virtude e esta qualidade de querer melhorar nossos resultados é chamada de ambição. A virtude da ambição permite você querer mais capacidade, mais conhecimento, mais saúde e estrutura para você e sua família, também permitindo que outros possam se desenvolver; diferente deste conceito a ganância é considerada um vício de querer só para si a qualquer custo.

Há negócios que embora possam ser feitos, não devem ser feitos. Devemos manter a honestidade e não se utilizar do lema – fazemos qualquer negócio, como bem orientado por Mário Cortella.

Assim resumimos que devemos desenvolver a capacidade ambiciosa (virtude) e recusar a ganância (vício).


Para conquistar mais e melhor tenho que liderar e gerenciar melhor minhas ações, preciso inspirar, animar e motivar a mim mesmo, minhas ideias e projetos. Liderança é uma atitude e isto significa que tomando atitudes positivas buscando o que desejo consigo liderar meu caminho aumentando minha experiência e assim, facilitando meus resultados.

Existem dois tipos de experiências, a da idade e vivência e a da intensidade de prática. Quanto mais praticarmos mais experiência teremos, quanto mais estudarmos mais atualizados ficamos mantendo a mente ativa e não deixamos oportunidades passarem desapercebidas.


Há pessoas que ficam no passado e não querem abrir mão para os novos meios da atualidade, ficam presos àquilo que fizeram no passado e não buscam novos projetos para o futuro. Estar aberto para sugestões e sempre buscar novas maneiras de falar com seu cliente é preciso, pois não podemos esperar resultados diferentes utilizando sempre as mesmas ferramentas e técnicas.

Se você tem a capacidade de liderar sua mente, seu ego ou uma equipe você é capaz de empreender o seu momento atual e o futuro.

O líder não espera, ele busca. Ao invés de aguardar, procura e ao invés de amaldiçoar a escuridão, acende vela.


Tenha proatividade e seja capaz de antecipar ao invés de aguardar.


#dicasdeblog #propagandamedica #licitacao #vendas #motivacao #gestao #gerenciamento #farmacia #industriafarmaceutica #representantecomercial #representante #dicas #marketing #confarma #ramonalecrim #vendedor #desenvolvimentoprofissional #clubedosgirafsa #repfarma #propamed vagas.com #catho #linkedin #vagasdeemprego #institutopropagar

0 visualização
Destaque das Publicações
Plano de carreira na
indústria farmacêutica
Dor de Barriga não dá só uma vez - Faça networking
A arte de vender felicidade